Inicial > Nosso pitaco > FHC na presidência do PSDB

FHC na presidência do PSDB

26 de novembro de 2010 Deixe um comentário Go to comments

Surgem rumores que aliados do PSDB gostariam de ver FHC na presidência do partido. Encabeçando os entusiastas da proposta figura Raul Julngmann, do PPS. Defende que FHC seria o único capaz de acabar com as desavenças do PSDB mineiro, liderado por Aécio Neves, e do PSDB paulista, liderado por José Serra.

Sem dúvida o PSDB, caso deseje voltar ao poder federal, ter candidatos competitivos e recobrar o respeito da sociedade, necessitará acabar com as guerras internas – das quais Serra é sempre um dos protagonistas – rever alguns conceitos e projetos e unir-se em torno de um ideal comum. Sem dúvida que no quesito de unir o PSDB e acaber com as desavenças regionais FHC seria o mais indicado para assumir a presidência, possui o respeito e admiração do todo partido além de ser um hábil político com trânsito em todos os segmentos tucanos.

Resta saber se FHC aceitaria liderar um movimento de renovação ideológica e até mesmo de quadros – é inegável que o PSDB possui diversos quadros fortes regionalmente, porém quando se fala de Brasil só lembramos de Aécio Neves, FHC, Serra e Alckmin, os demais são lideranças regionais sem projeção federal. FHC já manifestou-se contrario à refundação do PSDB, e nesse momento o PSDB precisa rever sua ideologia e até mesmo a política de alianças.

Com FHC na presidência do partido seria possível que os tucanos defendessem a sua administração, que deu as bases para que Lula conseguisse avançar tanto na distribuição de renda e nas ações sociais do governo. Foi do PSDB o PROER, que impediu que os bancos brasileiros quebrassem junto com a economia mundial (até Lula falou que o resto do mundo deveria adotar o modelo brasileiro). Enfim, houve muitos avanços durante a gestão FHC, porém o PSDB sempre teve medo de defender sua gestão com medo de comparações baseadas nos índices de crescimento, resultado, se nem o PSDB defende a sua gestão fica difícil para a população acreditar que a gestão FHC foi boa e que os tucanos são bons administradores.

Certamente a refundação do PSDB deve incluir a defesa das ações e projetos feitos durante o governo FHC, e quem melhor do que o próprio FHC para defender sua administração?

Porém, há poréns na questão de se ter FHC à frente do PSDB. Não se sabe se FHC aceitaria tal incumbência e não se sabe se os caciques tucanos desejam ver o ex-presidente à frente do partido. Como já foi dito, quem encabeça a proposta é Raul Jungmann, do PPS, que apesar da proximidade com o PSDB não possui poder decisório.

Esperemos para ver o andamento. O certo é que se o PSDB não conseguir acabar com as disputas internas e rever suas ações e ideais, estará fadado a ser mais um PMDB, porém um PMDB sem ministérios.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: